Milaré

"Licença Social" em empreendimentos que geram impactos é discutida em evento do IASP

Compartilhe este post

Ontem, na palestra sobre “Licença Social: conceitos, estratégias e casos práticos dos setores de mineração e energia”, na sede da IASP, o consultor Delfim Rocha destacou a insuficiência das licenças ambientais emitidas pelos órgãos intervenientes para legitimação de empreendimentos, enfatizando a necessidade da “obtenção” de uma licença variável e dinâmica chamada LSO (Licença Social e Operação). Para Rocha, a LSO é um “modo de pensar o impacto social de uma operação baseado em uma relação de confiança entre a empresa e a comunidade.” O evento foi promovido pela Comissão de Meio Ambiente da entidade, presidido pela nossa Leading Lawyer Priscila Santos Artigas.
#IASP

error: Conteúdo Protegido !!